Mulheres: Se joguem nos homens! Ops… não tão se joguem na verdade.

Para seu projeto intitulado ”I Throw Myself at Men’ a artista Lilly McElroy foi para vários bares e literalmente atirou-se para estranhos. As fotografias apresentam questões referentes às relações, conexão social, sexo, e o desejo de formar relacionamentos rapidamente que são intensos e duradouros. O projeto vem de um lugar onde o desejo de fazer uma conexão positiva com outra pessoa, mesmo é claro, sabendo que pode não dar certo.
Achei lindo. Sério. De um desapego incrível é claro. Já tive minha época de “blind date’s” e não sei como seria hoje em dia… mas amei realmente as fotos desse projeto. E vocês? 😀
(vi aqui)

Vem, vem pra criação você também! #6

[ medo do escuro? + design = Adesivos da Gecko]

[caverna + metrô + MUITA criatividade = metrô de estolcomo]

arte, cidades, estocolmo, metro, publica

arte, cidades, estocolmo, metro, publica

[liberdade + moto + propaganda = nova campanha da harley-davidson]

Harley-Davidson: Tattoo

[cerveja + república tcheca = propagandas da budweiser  não-alcoólica]

Budweiser Budvar: Czech Girl, 2

Budweiser Budvar: Czech Girl, 1

Sonhos coletivos e inspirações relacionadas

Não sei se é algo genérico, mas acredito talvez haja alguma obsessão no subconsciente masculino em desejar saber o que as mulheres sonham quando estão dormindo. Esbarrei agora com essas fotografias do Jan von Holleben pro jornal alemão ZEIT sobre sonhos…

HEHE, daí que eu lembrei de um clipe muito bacana do Oren Lavie, que vi ano passado, o Her Morning Elegance:

Lindão não? Mas fica a dúvida: Inspiração coletiva? Quem chegou no conceito primeiro? De qualquer forma… o trabalho do Jan von Holleben é incrivelmente fofo e com essa pegada bem pro lado do mundo onírico mesmo, sente só a vibe dessa outra sessão dele:

Show de bola! Vejam mais paródias do clipe do Oren Lavie, e vejam outro clipe relacionado à mulheres, camas e sonhos: