A Kate Moss boa e limpinha, ou a suja que peca?

Wow, quando vi essas fotos não consegui ter outra reação a não ser essa de ficar de queixo caído. Não. Não sou fã de moda, e não devo saber muito sobre a Kate Moss (além da parte da vida pessoal dela, dos rolinhos com Pete Doherty, do The Libertines e da participação icônica dela naquele clipe sensacional do The White Stripes – I Just Don’t Know What to do With Myself, desenterrei)

Obviamente prefiro a Kate Mossa dark. As fotos estão ótima, e realmente vale a pena dar uma sacada, especialmente pra turma que curte bons editoriais. A dicotomia entre trevas e luz, foi bem explorada em todas as fotos. Há sempre essa de, pra onde vai pender mais a balança? Sabe? Gostei. A sacada de inverter as cores da tipografia em cada capa também foi muito boa, curti.

(Vi aqui: Good Kate, Bad Kate | who killed bambi? http://bit.ly/Jg2JPB)

E se você pudesse imprimir com o… SOL?

Incrível como sempre existem oportunidades de aproveitarmos de uma forma completamente nova e incrível, algo que todo mundo usava de uma forma completamente ordinária (você vai pensar como eu quando ver o vídeo)

Ao ver, pensei que o processo de criação da peça tinha envolvido uma mega equipe para um brainstorming daqueles com idéias realmente loucas e inovadoras, mas segundo o Cosimo Möller, diretor de criação responsável pela conta da Austria Solar Trade Association – STA – disse que a inspiração para a ideia veio de um momento de descanso no terraço da agência onde trabalha:

“Num daqueles dias ensolarados de Outubro, a luz do sol brilhava tão forte sobre as folhas de um caderno que eu eu não conseguia mais ler nada nele (…) Daí veio a pergunta: Será que eu conseguiria fazer isso, ao contrário?”

Ou seja? Até a sua procrastinação diária, se bem direcionada, pode resultar em ótimas criações assim… Keep calm and VÁ DAR UMA BOA DESCANSADA!

(Vi aqui no Tecnoblog)

Feliz dia do caminho que eu decidi seguir

Daniele Coletti 9

Dia 01 de fevereiro, pra quem não sabe, é um dia mega importante para mim. Além dos motivos não tão óbvios, que não cabem eu ficar escancarando aqui, é o DIA DO PUBLICITÁRIO! Um salve por isso! Salve!

E já deixo aqui a dica de presente para nós (que em boa parte, curte uma boa bebida). Garrafas iluminadas!

Daniele Coletti 5

Idealizadas e realizadas pela designer italiana Daniele Coletti, o projeto batizado de Ciucalegra começou com 40 garrafas das melhores bebidas. E através do uso de lâmpadas de led, consegue uma ótima iluminação, que ainda consegue ser duplamente ambiental (pela reciclagem das garrafas, e pelo baixo consumo de energia das lâmpadas).

CiucalegraCiucalegra

Daniele Coletti 2

Ótima dica de presente duplo pra um bom criativo hein? Secam a garrafas juntos, e depois entrega o verdadeiro presente! A peça me lembrou a ação de lightpaint realizada pela Absolut no lançamento da Absolut Glimmer. Durante 5 dias de transmissão ao vivo, milhares de pessoas enviaram palavras através do Twitter e Facebook. As 100 mais excepcionais foram escolhidas e viraram grandes obras na mão dos artistas.

WOW! (Vi aqui.)

Quero. Quero muito. Quero mesmo!

Tava andando pela internet hoje e esbarrei com um blog só com coisa BEM LEGAUS, rs como o próprio blog se classifica. Cheio daqueles itens que a gente sempre quer, e sempre quis… alguns dos que eu vi por aqui:

CUECAS DA MARVEL! ❤

BALÕES DE LUZ! ❤

Acessem o blog do André Montejorge, vale muito o click: