Vem, vem pra SUPER criação você também! #13

Uma edição só com super-heróis! ❤

[Heróis + Jackie Chan = Ninja Heroes do  AJ Salazar (trabalho ultra fofo de ilustrações ninjas)]

ninja superhero ironman Ninja Superheroes

[Meu Malvado Favorito + Heróis do momento = Os Instrospect Heroes]

this movie was amazing.

[UFC + Smash Bros = As ilustras de lutas inimagináveis do  Filipe Capra]

[papel + ilustrações = os paper heroes do Grégoire Guillemin]

[ Cartoon + fofura = os heróis quase infantis do Mike Mitchell – VALE MUITO A PENA O CLICK 😀 ]

[ fotografia + universo queer = Os Queer Heroes do Philip Arthur Bonneau – Ótimos clicks!]

pb.19.jpg

[ Tipografia + Helvetica = helvetica, my hero]

Anúncios

Quando os opostos se atraem… (Ilustrações)

Em algum lugar no fundo de todos nós temos uma sensação como o amor deveria ser, como que deveria acontecer, onde e quando o seu vai acontecer também todas essas pequenas coisas que nos esperam. Mas e se acontece inesperado? E se o amor fosse exatamente o oposto do que pensamos que ele deveria ser?

E é com essa premissa que o designer gráfico Dan Matutina, através do seu Tumblr (Versus/Hearts) ilustra como seria se o amor fosse entre opostos:

The Snake and the LightningI was never really a big fan of Harry Potter, but I read all the books. :) My favorite book was Prisoner of Azkaban. My favorite HP movie was also Prisoner of Azkaban and the other movie where Harry and Hermione danced. I thought it was so artsy. Hahaha. Can you guys guess what’s happening in this illo? :)Hint: It’s supposedly a magical phenomenon. 

Harry Potter & Voldemort

It’s the Big Bad Monster and the PlumberThe first video game I ever played on the Family Computer. :)

Mario & Bowser
Android & iOSWhy be a fanboy of anything? :)

iOS & Android

E encerrando, o que eu achei mais legal de todos, por todo conceito envolvido:

War & Peace“We make war that we may live in peace.”-Aristotle

Guerra & Paz

A ditadura dos Hipsters! (ilustras)

Em um mundo qualquer, onde o socialismo predomina-se e os rótulos do ~capitalismo~ caíssem… todos poderíamos ser quem realmente quiséssemos ser. Mas e se assim como eu e você, os ditadores gostassem de música indie descoladinha, texturas xadrez e leituras ~profundas~? Bem, é respondendo essa pergunta que surgem essas ilustrações:

Muito boa hein? Não achei o artista responsável… mas fica a dica para quem quiser continuar o projeto. (Vi aqui)

A Kate Moss boa e limpinha, ou a suja que peca?

Wow, quando vi essas fotos não consegui ter outra reação a não ser essa de ficar de queixo caído. Não. Não sou fã de moda, e não devo saber muito sobre a Kate Moss (além da parte da vida pessoal dela, dos rolinhos com Pete Doherty, do The Libertines e da participação icônica dela naquele clipe sensacional do The White Stripes – I Just Don’t Know What to do With Myself, desenterrei)

Obviamente prefiro a Kate Mossa dark. As fotos estão ótima, e realmente vale a pena dar uma sacada, especialmente pra turma que curte bons editoriais. A dicotomia entre trevas e luz, foi bem explorada em todas as fotos. Há sempre essa de, pra onde vai pender mais a balança? Sabe? Gostei. A sacada de inverter as cores da tipografia em cada capa também foi muito boa, curti.

(Vi aqui: Good Kate, Bad Kate | who killed bambi? http://bit.ly/Jg2JPB)

Vem pra criação você também! #12 – EdiçãoRN #01 | Ilustras do @oiaure @frngrr, música do @talmaegadelha, animação no paint

[música pro cantinho do ouvido + pra ouvir junto ou sozinho  = o coração de Talma & Gadelha]

[ um pouco de chico, cícero e todos nós + colaboratividade = universo particular ilustrado da @frngrr]

[monstros, heróis, vilões + ilustras de coração = Barato Total do @oiaure]

[paint + regionalismo lindo e puro = Animações da Galera Greiosa, da turma de “Os Bonnies”]

Como transformar o smartphone num microscópio? (Dica do pessoal do @tecnoblog)

Vi ontem essa matéria no site do pessoal do @tecnoblog, e não podia deixar de compartilhar com vocês, porque a dica é realmente muito boa… Já pensou? Transformar seu celular num smartphone, com quase nenhum esforço???

“Hoje, a moda é envelhecer e muitas vezes até estragar o modo como as pessoas tem enxergado o mundo mais de perto através de seus smartphones. Há quem adore e há quem odeie.

Pessoalmente, não considero fundamentalmente fotografia o ato embelezar fotos mal tiradas com InstagramPicPlz, etc, por meio de dezenas de filtros “enfeiadores” — mesmo que seja ultra divertido. Mas isso é pessoal e a fotografia vai bem além de meramente opiniões.

Equipamentos profissionais para macro imagens por exemplo, costumam ser mais caros, exigem um pouco mais de conhecimento sobre fotografia, assim como um bom resultado é produto direto do emprego da técnica adequada e de se não inventar muito.

Mas quem disse que você precisa gastar muito para ir até mesmo além do macro. Que tal você utilizar esse seu smartphone e tentar uma imagem de micro foco? Sim, esse aí mesmo.

Por quanto? De graça.

Importante: Se você repetir o experimento abaixo, não me venha depois com emails lacrimosos dizendo que a câmera do seu smartphone pifou porque entrou água dentro. Sim, isso mesmo. H2O. Água.

Dito isso, vamos à lista de equipamentos que você precisará:

  • 1 smartphone com uma câmera minimamente decente
  • 1 gota d’água

Na imagem abaixo você vai ver uma caneta simples com uma gota colocada na sua extremidade.

A razão de você usar uma — ou qualquer outro objeto capaz de posicionar a gota na lente do smartphone — é bastante simples: você precisa coloca-la lá com o smartphone virado para baixo, já na posição para tirar a fotografia.

Ou, se quiser, pode tentar um conta-gotas em cima da lente e depois passar o resto do mês tentando virar o smartphone para fotografar. :D

O próximo passo é tirar a foto. A imagem deve entrar em foco com aproximadamente 1,5 centímetros de distância entre a lente e o objeto que você quer capturar. Pode ser ainda mais perto, dependendo da lente do seu smartphone.

Um detalhe é que a gota evapora muito rapidamente, portanto, seja prático e breve. As imagens abaixo foram tiradas com meu iPhone 4, cuja câmera não é lá grandes coisas, na cozinha do meu escritório, sem qualquer tipo de tratamento e com luz natural.

Fico a imaginar o que poderia sair de um Nokia N8 (Carl Zeiss) ou de qualquer outro com algo além de 5 megapixels e todo o hipsterhype que pode existir em um único aparelho.

Confira:

imagem: micro à esq. macro à dir. | vaso de mini bonsai (san@tb)

imagem: o garfo do almoço de hoje (san@tb)

imagem: sete sementes de gergelim (san@tb)

(A super dica é do , aqui na página do Tecnoblog: Link)

Vem pra criação você também! #11 | Cartazes espertos, banda indie, piscina inusitada, e formigas como você nunca viu!

[amor por são paulo + design gráfico = os posters e produtos lindos da Leite-com]

[música boa + nem o Lúcio Ribeiro conhecia = som psicodélico e indie do Toto Vivian]

[muito calor + truque legal = caçambas de verão]

[fotografias em macro + MUITA criatividade = o dia dia fantástico das formigas, pelo Andrey Pavlov]

P.s.: Ai que saudades da Augusta! =(