Janeiro, som e silêncio, luz e sombra. 2012. Acredito!

Foto minha mesmo. :)

Janeiro. E como se o ano ainda não tivesse começado, e nos obrigasse ao silêncio, cada um olhando para dentro de si e perguntando: “Quem é você que comigo se parece, mas a quem não sei reconhecer?”. O nome que vaga, a palavra que paira. O som que não toca.

Devo ter lido algumas dezenas de listas dos melhores do ano que passou, mas ainda não encontro algo que me toque nesse ano que começa. E se eu espremesse meus ouvidos com muita força para ouvir melhor, como se espremem limões bem verdes… talvez deles tiraria o que nunca me foi de direito, mas aceitei por respeito ao que se sucedeu. E mais uma vez, silêncio.

O tempo cessou de existir na praia, no começo da madrugada, a ampulheta cessou de medir as horas, imobilizada pela voz dos poetas, as canções de uma outra época, a lua temporal e, sobre as calçadas, tocava com pau e lata um cântico qualquer para Iemanjá. E o sorriso que era realmente um sorriso se acende. Olho minha sombra laranja dançar no calçadão, e ela podia ser a sombra de qualquer um. Mas é minha.

E eu acredito. E como acredito, viu? 🙂

* A foto é minha mesmo, lá em Pipa. Pense num lugar bonito viu? O vídeo é do pessoal do Pau e Lata, sempre acompanho eles! Curto muito! Também em Pipa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s