O começo, e o beta perpétuo.

Não sei como começar isso da maneira correta. Talvez essa maneira nem exista, mas de qualquer modo, começo. Acho que tive a idéia para esse projeto tem uns 7 meses, mas só agora realmente senti a necessidade gritante de dar o ponta pé inicial. Tá chovendo muito, ontem pareceu uma noite meio “sonho”, de tão suave que soou.

Assim como toda a modernidade, esse é mais um projeto em beta perpétuo. Não acredito que exista algo em versão realmente final… nem mesmo o que a todos nos une: O amor.

Esse projeto é sobre isso. Amor. Amor-amor mesmo sabe?

Não sei como as coisas funcionam hoje em dia. Na verdade ninguém deve nunca ter entendido. O amor é uma coisa complexa, sem fórmula fixa, sabe? Pode envolver você e outra pessoa, ou outras, ou ninguém. Platão que já o diria!

 

Mas enfim… A maioria das histórias parecem um daqueles conto de fadas urbanos, que você termina fazendo seu máximo para evitar entrar em contato com a sua própria vida novamente. Todo mundo quer se apaixonar.

 

Apenas mais uma vez, e outra e mais três. Pode-se negligenciar a própria visão ao outro, esperando que o pouco que ele veja seja o suficiente?

 

Conte-nos o que você viu, o que você sentiu… qual era o gosto de estar apaixonado!

 

dontphotoshopmyheart@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s